Bula de Remédio: Città (Citalopram) . Eurofarma

citta_citalopran_eurofarma_remedio_medicamento_bulaCittà

Nome Genérico: Citalopram

 

Forma farmacêutica e apresentações
Embalagens com 14 ou 28 comprimidos de 20 mg.

Uso adulto e oral

 

Indicações

Indicado para o tratamento da depressão e prevenção de recaída ou recorrência. Para o tratamento de transtornos do pânico com ou sem agorafobia e do transtorno obsessivo compulsivo.

Precauções e contra-indicações

Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando.
Città (citalopram) não deve ser administrado a pessoas em tratamento com inibidores da monoaminoxidase (IMAOs). Só deve ser iniciado o uso do citalopran 14 dias após a suspensão destes medicamentos.
Deve ser usado com cuidado em pacientes com doença hepática grave.
A habilidade de dirigir e/ou operar máquinas pode estar prejudicada durante o tratamento.
Informar seu médico caso haja gravidez no decorrer do uso.

 

Reações adversas

Pode ocorrer sudorese aumentada , cefaléia, tremor, sonolência, insônia, boca seca, naúseas, constipação e astenia.

 

Posologia e administração

Adultos com depressão:
Inicial de 20 mg por dia. Máximo de 60 mg por dia.

Adulto com transtorno do pânico:
Inicial de 10 mg e manutenção com 20 mg por dia. Máximo de 60 mg por dia.

Adulto com transtorno obsessivo compulsivo:
Inicial de 20 mg. Máximo de 60 mg por dia.

Para pacientes idosos, a máxima diária é de 40 mg ao dia.

 

Este é um resumo da bula do medicamento.
Fabricante: Eurofarma

One Responseto “Bula de Remédio: Città (Citalopram) . Eurofarma”

  1. Nilton Ghisi says:

    Olá .Um orologista me recitou esse medicamento.Gostaria de saber se apessoa pode ficar dependente? Fico no aguardo. Abracos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Notifique-me de novos comentários por email. Você também pode assinar sem comentar.